Paulo Francis tinha razão...
Menu
Decisão do prefeito Mandiocão pode fechar associações de moradores de Rio Bonito

Decisão do prefeito Mandiocão pode …

Apesar da empolgação com ...

A Lei de Incorporação é o Plano de Cargo e Carreira de Mandiocão e Solange

A Lei de Incorporação é o Plano de …

Muito interessante a plan...

Preso com drogas e arma no “Gabá”

Preso com drogas e arma no “Gabá”

Três pessoas detidas, 57 ...

Políticas presos e Natal Bonito no Programa Flávio Azevedo

Políticas presos e Natal Bonito no …

O Programa Flávio Azevedo...

Vereador de Silva Jardim quebra o telefone ao saber que seria levado pela Polícia

Vereador de Silva Jardim quebra o t…

Segundo o Ministério Públ...

Coral dos Anjos de Petrópolis é atração do Natal Bonito

Coral dos Anjos de Petrópolis é atr…

A abertura do Natal Bonit...

Imagem de suspeito de furto a residências na Bela Vista flagrado pelas câmeras das casas

Imagem de suspeito de furto a resid…

Esse malandro que aparece...

Política e administração pública no Programa Flávio Azevedo

Política e administração pública no…

O Programa Flávio Azevedo...

Caos na Saúde de Itaboraí

Caos na Saúde de Itaboraí

Em Itaboraí a Saúde está ...

Preso governador Luiz Fernando Pezão

Preso governador Luiz Fernando Pezã…

A Polícia Federal prendeu...

Prev Next

Paulo Francis tinha razão... Destaque

Paulo Francis tinha razão...

Um dos grandes jornalistas da história da Comunicação Social no Brasil, Paulo Francis, estaria completando, hoje, 84 anos. Nasceu no Rio de Janeiro em 1930 e acabou se sagrando como um dos maiores jornalistas do país. Francis faleceu aos 66 anos, em 4 de fevereiro de 1997. Uma morte recheada de absurdos, sobretudo por conta das razões que desencadearam o ataque fulminante que o matou.

Participante do programa, “Manhattan Connection”, transmitido pelo canal GNT, Paulo Francis propôs a privatização da Petrobras e justificou a sua posição com o argumento de que os diretores da estatal possuíam US$ 50 milhões em contas na Suíça. Por conta da declaração, ele foi processado, já que não apresentou provas.

Ciente que seria condenado a pagar indenização milionária aos “santos” diretores da Petrobras, ele entrou num estado de estresse profundo que provocou o ataque cardíaco. O curioso é que 18 depois da morte de Paulo Francis, a Petrobras está mergulhada num escândalo de desvio de recursos que se aproximam dos R$ 6 bilhões.

É... Parece que o velho Paulo Francis tinha inteira razão quando classificou como “ladrões”, os escrotos diretores da Petrobras. Eu acrescento o termo mafiosos, safados, bandidos, marginais, escroques etc.

voltar ao topo

Desenvolvimento

Info for bonus Review William Hill here.